Domingo, 10 de Setembro de 2006

Homossexuais lutam pelo casamento civil

Os homossexuais e lésbicas portuguesas continuam a lutar pelo direito ao casamento civil e pelo acesso à paternidade. A comunidade «gay» considera que a futura lei para a reprodução medicamente assistida é inconstitucional e pedem ajuda ao Presidente da República, Cavaco Silva.

A «VII Marcha Nacional do Orgulho Gay, Lésbico, Bissexual e Trangénero» invadiu Lisboa, no sábado à tarde. A versão portuguesa da «Parada Gay», mais pequena do que em outras cidades de outras países, reuniu cerca de 300 pessoas. A marcha serviu para frisar a luta dos homossexuais portugueses pelo direito ao casamento civil e pelo direito à reprodução medicamente assistida.

A Associação Ilga Portugal já escreveu uma carta ao Presidente da República, para que Cavaco Silva fiscalize a constitucionalidade da nova lei, reprodução medicamente assistida. A «Parada Gay» serviu também para alertar para a contínua discriminação e pedir para que se desenvolva mais educação contra a homofobia.

A marcha terminou com o «Arraial Pride» na Praça da Figueira, em Lisboa.

publicado por nós às 23:15
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. início

. Parada gay de Paris em ...

. não descriminar é ser hum...

. Homossexuais lutam pelo c...

.arquivos

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Agosto 2007

. Setembro 2006

.tags

. homossexuais lutam pelo casamento civil

. não descriminar é ser humano

. todas as tags

.links

Contador de visitas gratis
Contador de visitas gratis
online